Cão com veterinário

Cão com veterinário

Castração de cachorro é um tema que intriga os donos de pets e também aqueles que pretendem ter um. No entanto, por conta de sua relevância, tal assunto deve ser muito bem esclarecido, já que só traz benefícios para o animal.

Por ser um procedimento cirúrgico, há até quem tenha medo de realizá-lo no cão — mas, como você vai perceber, não é preciso ter qualquer tipo de receio.

Você ainda tem alguma dúvida sobre castração de cachorro? Então continue a leitura deste texto. Nele, vamos abordar alguns tópicos sobre o assunto: a importância da cirurgia, quando castrar o cão, como é o procedimento e os principais cuidados que devem ser tomados após a operação. Confira:

Por que a castração de cachorro é importante?

Um dos principais motivos que tornam a castração de cachorro tão importante é o fato dela prevenir várias doenças que poderiam acometer o animal (no caso das fêmeas) e, até mesmo, curar outras (no caso dos machos).

Benefícios da castração em fêmeas

Quando você deixa de castrar uma fêmea, as chances dela desenvolver câncer de mama e infecções no útero aumentam consideravelmente a cada ano de vida do pet.

Além disso, o cio da fêmea, que costuma acontecer a cada seis meses, deixando-a desconfortável e dando um certo trabalho aos donos, vai deixar de existir.

Benefícios da castração em machos

O cão macho tem em seu instinto o hábito de marcar território, ou seja, ele faz xixi em um espaço em que quer demonstrar que é dele. Pois saiba que esse tipo de situação não vai mais se repetir após a operação.

Além disso, a castração contribur para evitar o desenvolvimento de tumores de próstata e hiperplasia na região.

A castração pode provocar algum efeito no cachorro?

Pode acontecer de, após a castração, o cão passar a ganhar peso, já que o seu apetite aumentará. Para evitar que ele se torne obeso, investir em uma alimentação balanceada ou em rações lights são boas alternativas. Além disso, a castração ajuda no temperamento do pet, tornando-o mais calmo.

Quando castrar o cachorro?

O pet deve ser castrado assim que entra na “puberdade”, ou seja, por volta dos 6 ou 9 meses de vida. Isso vai depender da raça, do porte e do sexo do animal.

Portanto, leve-o para se consultar com um veterinário de sua confiança e verifique a opinião do profissional.

Como é a cirurgia?

Se você tem medo de que a cirurgia seja muito complicada, pode tirar isso de cabeça. Antes de mais nada, o animal vai passar por uma avaliação pré-cirúrgica, de modo a garantir que ele está apto para passar pelo procedimento.

Na noite anterior à cirurgia, provavelmente o veterinário vai indicar que o animal não se alimente ou faça ingestão de água. Pouco antes da cirurgia, ele vai tomar uma anestesia que o deixará sedado. Assim, por estar dormindo, não sentirá dor enquanto é operado. Saiba, também, que ele será monitorado durante todo o tempo.

A área a ser operada vai ser raspada e higienizada com um germicida, para reduzir as chances de pegar alguma infecção.

Cirurgia em machos

Para castrar um cão macho vai ser necessário fazer uma incisão na área do escroto. Após a abertura, os testículos são retirados e alguns vasos sanguíneos são fechados.

Cirurgia em fêmeas

Na fêmea o procedimento é diferente. Quando ela ainda é jovem, normalmente é retirado apenas o ovário. Em alguns casos, porém, para evitar problemas no futuro, o útero também vai ser removido.

Quais são os principais cuidados após o procedimento cirúrgico?

Após a operação, o cão vai ficar em observação por algumas horas, até que retome a consciência. Por ser um procedimento cirúrgico, alguns cuidados serão necessários para garantir o bem-estar do pet.

  • dê quantidades menores de água e comida na primeira semana após a cirurgia;
  • observe o local em que foi feita a incisão e fique atento se não surgem machucados ou inchaços;
  • não permita que o cão tenha acesso à incisão. Para tanto, ele pode usar um cone de plástico (colar Elizabethano) e, também, uma roupinha que tampe a área operada.
  • garanta que ele tome as medicações indicadas pelo veterinário nos horários certos;
  • evite que ele faça atividades físicas pelo menos nos primeiros quinze dias.
  • retorne ao veterinário para verificar se correu tudo bem e se ele está liberado para voltar a ter uma rotina normal.

Já conhecia todas essas informações sobre a castração de cachorro? Quer ficar sempre por dentro de dicas de cuidados com cachorros e informações sobre o mundo pet? Então, assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos em primeira mão na sua caixa de e-mail!

One Reply to “Entenda mais sobre a castração de cachorros!”

Deixe seu comentário