Cachorro idoso

Cachorro idoso

Assim como nós, os nossos amigos de 4 patas também crescem e envelhecem, é um processo natural que faz parte da vida. Porém, muitos tutores têm dúvidas sobre como tratá-los quando eles entram nessa nova fase. “Quais são os cuidados que um cachorro idoso precisa ter?”, costuma ser o principal questionamento.

E é para lhe ajudar quanto a isso que preparamos este post especial, com algumas sugestões simples e fundamentais para você aplicar na rotina com o seu melhor amigo. Confira!

Visite o veterinário com frequência

A cada 6 meses, pelo menos, você deve levar o seu cão para se consultar com um veterinário. Esse é um passo primordial nessa nova fase da vida do bichinho. Afinal, com o devido acompanhamento, é possível diagnosticar e tratar com mais agilidade possíveis doenças, garantir o bem-estar e ampliar a expectativa da vida dele.

Outro ponto importante é que o veterinário analisará além do comportamento e do aspecto clínico a alimentação do pet. Dessa forma, ele indicará uma dieta equilibrada e saudável para o seu amigão.

Atente à alimentação correta para cachorro idoso

Há pouco citamos a alimentação do cão idoso e aqui vamos nos aprofundar um pouco mais sobre o assunto, já que sua atenção deve ser redobrada quanto a esse detalhe.

Isso se deve ao fato de que, uma vez na fase senil, ele precisará de um cardápio alimentar que atenda as necessidades nutricionais que possui e que evite quadros de sobrepeso ou mesmo emagrecimento excessivo.

Por isso, converse com o veterinário do seu cachorro e defina uma dieta rica em antioxidantes, vitaminas, proteínas nobres e fibras que ajudem a retardar o envelhecimento, regular o trato intestinal, reduzir a perda de massa muscular etc.

As rações sênior, por exemplo, são uma boa opção já que são produzidas especificamente para cães na terceira idade.

Proporcione um local confortável para o seu descanso

Oferecer um local confortável para o seu cão dormir é fundamental, seja ele um filhote, adulto ou sênior, para que ele tenha um descanso de qualidade.

Porém, nesta última fase é ainda mais importante, já que o cachorro idoso pode apresentar problemas como artrose ou artrite, que afetam suas articulações e limitam a mobilidade dele.

Devido a isso, um espaço longe de interferências climáticas, como chuva, frio ou calor, com uma cama macia, acolchoada e adequada ao porte dele, é essencial para a sua qualidade de vida.

Faça passeios com seu pet

Outro cuidado importante com o cachorro idoso diz respeito aos passeios. Isso porque muitos tutores acreditam que por causa da senilidade eles devem ser diminuídos, o que não é verdade.

Esses momentos ao ar livre em um parque ou praça, por exemplo, e em sua companhia são muito importantes para exercitá-lo, diminuir o estresse canino e promover o bem-estar dele.

Porém, tenha em mente que os melhores horários para uma caminhada são pela manhã e no final da tarde, quando o clima está mais ameno. Além disso, evite forçá-lo a fazer atividades que exijam muito do seu condicionamento. Elas devem estar moldadas para a necessidade e o ritmo do seu pet.

Invista em brinquedos para entretê-lo

Fora os passeios que vão divertir e proporcionar momentos de interação com novos ambientes, é válido investir em brinquedos que mantenham o cachorro entretido também dentro de casa, especialmente quando você não estiver por perto.

Isso ajuda a impedir que ele manifeste alguns problemas emocionais, como o estresse e a síndrome de ansiedade de separação. Afinal, será uma distração que pode não apenas mantê-lo ocupado por horas, mas também exercitá-lo.

Gostou de saber mais sobre os cuidados com cachorro idoso que você deve ter com o seu companheiro de 4 patas? Então coloque-os em prática e garanta que ele envelheça com saúde, bem-estar e muito carinho!

Contudo, fique atento ao escolher os brinquedos que são de morder, pois estes devem ser específicos para os idosos já que alguns modelos podem causar danos à gengiva ou mesmo a dentição dele devido ao material com que são feitos.

Aproveite e compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Deixe seu comentário