Cães observando pela porta

Cães observando pela porta

Descobrir uma forma de deixar o pet em casa sozinho é uma dúvida muito frequente de quem tem um animal de estimação. Seja ele um cão ou um gato, muitos apresentam bastante dificuldade em aceitar a ausência do dono.

Você também está passando por essa situação? Então confira 7 dicas que preparamos neste post para ajudá-lo a lidar com esse problema.

1. Crie este hábito desde cedo

O mais indicado é criar no animal o hábito de ficar sozinho desde cedo, principalmente se você e quem mais morar em sua casa passarem muito tempo na rua.

Uma dica é restringir o espaço que ele vai ter acesso, deixando apenas itens necessários, como brinquedinhos, potes de água e ração e o tapete para fazer as necessidades.

2. Passeie frequentemente com o animal

Essa é uma dica especial para quem tem um cachorro. Para facilitar a adaptação do animal à sua ausência, pratique algum tipo de atividade física com ele, nem que seja dar um passeio toda manhã antes de sair de casa. Dessa forma, ele vai gastar energia e vai ter passado um tempo com você.

Sair com gatos já é mais difícil, mas uma solução para exercitá-lo é investir em uma brincadeira que faça com que ele se movimente e se canse.

3. Garanta que o ambiente esteja seguro

É imprescindível garantir que todos os cômodos da sua casa são seguros se você vai deixar um pet em casa sozinho. Algumas providências são:

  • deixar as portas fechadas ou com algum peso segurando-as, de modo que não se feche e machuque o animal;
  • colocar telas nas janelas;
  • manter objetos e alimentos perigosos longe do alcance do cão ou gato.

Avalie em sua casa qualquer outro tipo de cenário que pode vir a ser perigoso para o seu pet, ok?

4. Proporcione a ele alguma ocupação durante sua ausência

Outra dica muito útil para deixar o pet em casa sozinho é dar a ele brinquedinhos ou objetos específicos que deixarão o animal entretido. Dessa forma, ele não vai se entediar e procurar alguma atividade perigosa ou que chame a sua atenção, como fazer xixi fora do lugar, estragar algum item ou arranhar os móveis — por sinal, ter um arranhador para gatos é muito importante.

5. Mantenha uma rotina

Manter uma rotina é uma dica muito interessante para quem tem um gato, pois são animais que levam um tempo para se acostumar a mudanças. Alimente-o sempre nos mesmos horários, determine um período para brincar com ele e também para fazer a limpeza da caixa de areia. Estabelecer esses costumes vão deixá-lo mais tranquilo e com a sensação de segurança.

6. Evite despedidas demoradas

Fazer longas despedidas provoca no animal a sensação de abandono, o que pode aumentar a ansiedade dele. Portanto, o indicado é deixar o seu lar sem fazer muito alarde, como se essa fosse mais uma atividade rotineira.

Essa orientação também vale para o momento da sua volta. Chegue em sua casa, faça o que deve fazer e, somente então, faça uma festa com o seu cão ou gato. Ele apenas deve associar o carinho a momentos de felicidade.

7. Dê atenção ao pet quando estiver em casa

E se você passa muito tempo na rua, seja estudando ou trabalhando, é mais do que obrigatório dedicar ao seu pet um momento de atenção. Assim, ele saberá que mesmo que o dono fique ausente por algumas horas, quando voltar vão passar um tempo de qualidade juntos.

Conhece alguém que tenha um animal de estimação e que também está tendo dificuldade em deixar o pet em casa sozinho? Então compartilhe este post em suas redes sociais e divida essas informações com outras pessoas!

Deixe seu comentário