32581-6-dicas-para-cuidar-da-saude-do-seu-pet-com-sucesso

Nossos bichinhos de estimação merecem todo o cuidado do mundo, não é mesmo? Sabemos o quanto ficamos preocupados quando eles adoecem e qualquer sinal de comportamento atípico nos deixa inquietos e temerosos. Por isso, estar atento aos mínimos detalhes no cuidado cotidiano com nosso pet pode ser muito importante para manter a saúde e o bem-estar dele.

Conheça aqui algumas dicas interessantes para cuidar da saúde do seu pet e proporcione melhores dias ao seu amigo de quatro patas!

Alimentação

Pets que se alimentam muito rápido podem engasgar, vomitar, além de serem mais suscetíveis a problemas digestivos, como gastrite e má digestão. Algumas dicas envolvem utilizar comedouros lentos, que são divididos em compartimentos com diversas porções de ração, de forma a diminuir a ansiedade no momento da alimentação e estimular o raciocínio do animal.

Você também pode dividir a refeição em porções menores e oferecê-las de tempos em tempos ao longo do dia, o que evita que o animal se sinta faminto ao alimentar-se somente uma vez.

Fique atento! Pets que dormem fora de casa talvez precisem de um maior aporte energético para aumentar a camada de gordura corporal, mantendo o calor do corpo a níveis fisiológicos. Por isso, não deixe de conferir com o seu veterinário a porção ideal de ração conforme todos os hábitos do seu pet.

Saúde bucal

Os pets também precisam de cuidados odontológicos, de maneira a evitar problemas como tártaro, mau hálito, gengivite e até a perda dos dentes. Por isso, observe sempre a coloração das gengivas de seu pet — que deve ser rosada —, faça a escovação com regularidade e inclua mordedores que auxiliam na saúde bucal.

Hidratação

Em relação à ingestão de água, para os animais maiores e principalmente nos dias mais quentes, talvez seja interessante deixar mais de um bebedouro pela casa. E não se esqueça de manter a água sempre fresca e limpa, pois além de ser mais saudável para o pet, muitos deles deixam de se hidratar quando a água não está recém-trocada, ficando desidratados e com mais suscetibilidade a doenças.

Higiene

Animais de estimação necessitam de cuidados com a higiene, que podem variar dependendo da raça, do tipo de pelagem, da saúde geral do animal, entre outros fatores. De modo geral, cães devem tomar banho uma vez por semana e gatos uma vez por mês.

No momento do banho, é primordial que se faça a escolha dos produtos corretos para o seu pet —que devem ser recomendados pelo veterinário. Além disso, os materiais devem ser separados anteriormente para facilitar todo o processo. Utilize água morna ou em temperatura ambiente, toalha, secador com ar frio, rasqueadores, entre outros. Não se esqueça de ter bastante cuidado ao limpar os olhos e ouvidos.

Roupas

O uso de roupas pode ser indicado para o pet que tiver a pelagem mais curta, principalmente durante o inverno. Por isso, evite deixá-la molhada e troque-a sempre que necessário. Alguns animais podem caminhar com sapatilhas especiais, que protegem as patas da umidade, do frio e também de superfícies muito quentes.

Informação para cuidar da saúde do seu pet

Talvez a dica mais importante esteja relacionada ao conhecimento sobre o seu animal. Por isso, informe-se continuamente sobre as tendências patológicas conforme o tamanho, o tipo de pelagem, o formato do corpo, entre outras características do seu pet.

Procure saber se existem orientações específicas para o seu bichinho, fique atento em relação a mudanças de comportamento, de hábitos e de humor e nunca deixe de consultar o veterinário, que poderá auxiliá-lo de forma mais consistente e confiável!

Você já inclui alguns desses hábitos para cuidar da saúde do seu pet? Não deixe de comentar!

6 Replies to “6 dicas para cuidar da saúde do seu pet com sucesso”

  1. Leio muito sobre doenças da raça e sintomas que podem aparecer. Tendo uma Cavalier em casa quase tudo acaba em idas ao veterinario e muitos exames. O proximo sera uma ressonancia magnetica para zerar qualquer preocupaçao sobre a Seringogliemia.

  2. Muito boas as dicas. Tenho um vira-latas de porte grande, Labrador falso, e ele fica com os cotovelos em carne viva sempre. Já instalei algumas almofadas bem macias na cama dele, pra evitar isso. Não sei se existe alguma pomada que possa resolver essa situação! Tenho visto muitos cães de porte grande com essas feridas nos cotovelos, deve existir como evitar isso.

Deixe seu comentário