Cachorro obeso com lingua de fora

Cachorro obeso com lingua de fora

Você é daquelas pessoas que acha “fofinho” um cão gordinho e morre de vontade de apertá-lo? No entanto, dependendo do porte físico e da raça, essa “fofura” pode ser um sinal de que o seu cão está acima do peso e de que ele já pode estar desenvolvendo alguns problemas de saúde.

O sobrepeso é um transtorno que tem afetado cada vez mais cães ao longo dos anos. Além disso, a obesidade canina é muito perigosa, pois, na maioria dos casos, só é identificada quando o dono leva o pet para se consultar com o veterinário.

Quer entender melhor sobre o assunto e ter ciência sobre tudo o que é preciso saber sobre a obesidade canina? Então, continue a leitura deste post e tire as suas dúvidas!

O que pode fazer com que um cão se torne obeso?

Existem alguns motivos que contribuem para que um cão se torne obeso. Dentre eles, podemos citar:

Predisposição genética

Algumas raças têm uma predisposição maior a se tornarem obesas, pois sofrem de uma alteração nos hormônios que controlam a saciedade. O ideal, nesses casos, é ter um acompanhamento de perto do veterinário, adotando uma alimentação controlada desde filhote.

Má alimentação

Dar mais ração do que o seu cão precisa e exagerar nos petiscos também são práticas que contribuem de maneira direta para que ele se torne obeso.

Para evitar passar por esse tipo de situação, crie uma rotina alimentar para o seu cão, dê petiscos apenas uma vez ao dia e siga as orientações do pacote de ração, dando a quantidade necessária de acordo com a raça, porte, peso e idade do cão.

Falta de atividade física

Cães sedentários têm grandes chances de se tornarem obesos, pois não gastam energia nem as calorias ingeridas ao longo do dia.

Para o bem-estar e saúde de um cachorro, é muito importante que ele faça exercícios diários. Saiba, também, que algumas raças e cães de porte grande precisam se exercitar com maior frequência.

Portanto, separe, pelo menos, meia hora para fazer uma caminhada ou brincadeira mais ativa com o seu animal de estimação.

Castração

É muito comum que alguns cães se tornem obesos após a castração. Isso acontece porque enquanto nas fêmeas o hormônio que regula a saciedade é cortado, nos machos o hormônio afetado é o que estimula a vontade de se exercitar.

O ideal é seguir as orientações do veterinário e cuidar para que o animal não se alimente mais do que precisa ou deixe de praticar atividades físicas, ok?

Quais são as raças mais propensas a se tornarem obesas?

Como você já sabe, algumas raças apresentam uma predisposição genética maior para a obesidade. As mais comuns, são:

  • Lhasa Apso;
  • Dachshund;
  • Golden Retriever;
  • Beagle;
  • Bulldog Inglês;
  • Pastor Alemão;
  • Labrador.

Quais os problemas da obesidade canina?

Mais do que apenas uma questão estética, a obesidade canina também pode provocar uma série de problemas de saúde no seu cachorro, como:

Quais são os cuidados com um cão obeso?

Se o seu cão foi diagnosticado como obeso, é muito importante que ele tenha um acompanhamento veterinário mais frequente, de modo a buscar formas de reverter esse quadro. O profissional deve indicar uma bateria de exames, para saber como está a saúde do cão.

Além disso, vai ser preciso que ele passe por uma reeducação alimentar e aumente a prática de atividades, de acordo com a capacidade física dele.

Agora que você já conhece quais são os perigos da obesidade canina e sabe que é preciso manter hábitos saudáveis em seu cachorro, leia o nosso post e aprenda como a alimentação natural pode ser um aliado para a saúde do seu cão!

Deixe seu comentário