Pata de cão e mão humana

Pata de cão e mão humana

Você sabia que assim como outras partes do corpo (os olhos, ouvidos e boca), as patas do seu animal de estimação também necessitam de alguns cuidados específicos? Pois saiba que caso você não tenha o hábito de olhar as patinhas do seu pet com frequência, é preciso criá-lo o quanto antes!

No post de hoje, vamos apontar as principais características das patas de cães e gatos, explicaremos a necessidade de observar se está tudo bem com elas e como isso deve ser feito. Confira:

Quais são as principais características da pata do meu animal de estimação?

Você já reparou que o seu cão ou gato apresenta uma espécie de “almofadinhas” nas patas? Pois saiba que ela é muito importante e serve para proteger as patas do pet.

Por ter uma camada densa de gordura, ela tem diferentes funções, como:

  • orientá-lo sobre a mudança de terreno, enquanto estão correndo ou se movimentando;
  • proteção contra superfícies ásperas e que podem machucá-lo;
  • contribui para a transpiração do pet, por conta das glândulas sudoríparas da região que tornam possível que ali fique sempre seco;
  • impedem que eles sejam afetados pela temperatura do solo, protegendo os tecidos internos dos pés.

Qual é a real necessidade de olhar as patinhas do pet?

O ideal é que seja feita com frequência a avaliação das patas do seu pet, de modo a identificar se ele está com alguma alergia ou ferida no local. Esse hábito contribui para evitar que o seu animal de estimação sinta dores desnecessárias e que, caso esteja com algum problema, ele seja identificado o quanto antes.

Para quem tem cães e costuma levá-los para passear, por exemplo, procure após toda caminhada ver se está tudo bem.

É recomendado que cães que estejam com feridas em alguma parte da pata não andem em pisos que estejam quentes. Além disso, para evitar proliferação de bactérias, não use bandagens sem a devida orientação médica.

Portanto, assim que perceber qualquer alteração, leve-o para se consultar com um veterinário de confiança.

Como devo cuidar das patas?

Pensando em ajudá-lo, listamos algumas dicas do que deve ser feito para cuidar das patas do seu cão ou gato.

Cuidados com as patas dos gatos

Confira o crescimento das unhas

É muito importante ter um arranhador em casa, de modo que o seu gato se sinta à vontade para arranhá-las e mantê-las curtas. Lembre-se de que unhas grandes podem afetar o andar deles e até causar quedas.

Acompanhe se ele está com dificuldade para andar

Gatos gostam de ir em lugares altos e costumam pular longas distâncias. Por conta disso, é imprescindível sempre observar se ele está se locomovendo com dificuldade, pois pode ser um sinal de que tem algo errado com a pata dele.

Cuidados com as patas dos cães

Faça a tosa higiênica

A tosa higiênica da região é muito importante, tanto em relação à tosa dos pelos como, também, em manter as unhas sempre cortadas. Quando estão grandes provocam desconforto, podendo afetar até o modo de andar do animal.

Verifique a temperatura do solo

É ideal verificar a temperatura do solo antes de levá-lo para passear, principalmente em dias mais quentes ou no verão. Essa prática é muito importante para evitar que ele possa se queimar.

Para garantir que o piso é seguro, deixe a sua mão nele por cerca de 30 segundos. Se perceber que a temperatura está agradável, o passeio está liberado.

Observe o comportamento do pet

Alguns comportamentos, como lamber a pata constantemente, pode indicar que o seu cão está com alguma alergia, problemas psicológicos, hormonais, pele seca e até com parasitas. Caso isso persista, leve-o ao veterinário.

Já conhecia a importância de sempre olhar as patinhas do seu pet? Então continue renovando os seus conhecimentos para garantir a saúde e o bem-estar do seu cão ou gato! Leia o nosso post e aprenda como dar remédio para um animal de estimação!

Deixe seu comentário