problemas-de-pele-em-gatos-descubra-os-mais-comuns.jpeg

Os gatos têm pelos tão lindos e volumosos que, muitas vezes, quase nos esquecemos que por baixo de tanta pelagem existe uma pele lisinha e delicada. Foi justamente nela que nos concentramos ao produzir este texto, que mostra as 9 principais doenças de pele em gatos. Saiba quais são eles, seus sintomas e como tratar. Acompanhe!

Micose

É uma infecção muito contagiosa causada por fungos, podendo ser facilmente transmitida não apenas para outros animais de estimação, mas também aos donos.

Sintomas

As manchas redondas e vermelhas, perda de pelo e pele escamosa. As manchas aparecem principalmente nas orelhas, cabeça e patas da frente.

Tratamento

O tratamento é feito com medicamentos antifúngicos receitados pelo médico veterinário, além de limpeza e esterilização dos locais da casa por onde o bichano transita.

Queda de pelos (alopécia)

A perda excessiva de pelos (também conhecida como alopécia) é um problema de pele que pode ocorrer devido a várias doenças, além de estresse, infestação por pulgas, problemas hormonais, alergias ou má nutrição. E se for de causa psicológica, por exemplo, é denominada alopécia psicogênica.

Sintomas

A alopécia acentua a queda de pelos durante a escovação e a alta concentração de pelos pela casa. É muito importante ficar de olho no comportamento do felino, pois o hábito de se lamber demasiadamente pode indicar alopécia de causas psicológicas (como estresse ou depressão).

Tratamento

Deve-se tratar a doença que gerou a queda de pelos. No caso da psicogênica, o mais indicado é evitar expor o animal a situações estressantes, além de brincar mais vezes com o bichano. Alguns medicamentos contra ansiedade (inclusive florais) podem ser receitados pelo veterinário.

Dermatite

A dermatite tem origem alérgica ou irritativa e pode ser causada por produtos químicos, ácaros, pulgas, alguns tecidos (da caminha, dos cobertores e das roupinhas), além de outros agentes alérgicos.

Comedouros de plástico ou borracha também podem causar alergias. A dermatite pode aparecer após contato direto, inalação ou ingestão do agente alergênico ou irritante.

Sintomas

Pele avermelhada, erupções e inflamações são os mais frequentes.

Tratamento

O tratamento é feito com glicocorticóides, alguns tipos de anti-histamínicos, imunoterapia e ácidos graxos essenciais.

Gato em tratamento

Dermatite de Contato

Ocorre quando partes do corpo do animal entram em contato com substâncias alergênicas ou irritantes como agentes químicos, tecidos, ácaros e comedouros de plástico.

DAPP

A DAPP (Dermatite Alérgica por Picada de Pulga) é uma reação alérgica causada pelos componentes da saliva da pulga. Os locais mais atingidos são: parte superior das patas traseiras, base do rabo e coxas internas.

Sintomas

Normalmente, você vai perceber que se formaram algumas protuberâncias ao longo do corpo do animal, principalmente nas patas traseiras, no rabo e parte interna das coxas. Além disso, ele pode apresentar uma coceira frequente.

Tratamento

O tratamento mais indicado é se livrar o quanto antes das pulgas. Para tanto, é preciso levá-lo ao veterinário, de modo que ele possa indicar o medicamento mais adequado para a situação do animal.

Não escolha qualquer um, pois, por conta das protuberâncias, ele pode vir a desenvolver alguma alergia.

Alimentar

Neste caso, a sensibilidade vem de ingredientes ou conservantes da alimentação. Os sinais são: coceira excessiva na cabeça, costas, pescoço e inchaço nas pálpebras e, em casos graves, perda de pelos e feridas.

Sintomas

Os sinais são comuns aos tipos de dermatites citados e incluem muita coceira, desconforto, queda de pelo e pele avermelhada, além de inflamação e, em casos mais graves, erupções na pele.

Tratamento

Oferecer ração de alta qualidade, sem corantes artificiais ou conservantes, e servi-los em recipientes de aço inox, alumínio ou cerâmica (sem chumbo). Um medicamento anti-inflamatório aliviará a coceira e a dor, além de tratar a inflamação.

Ácaros no ouvido

A doença caracteriza-se pela presença de ácaros minúsculos nas orelhas e acúmulo de cera amarronzada no canal auditivo. Se não tratada, a doença pode levar a uma infecção por bactérias.

Sintomas

Se o gato fica inquieto, irritado, coça a orelha e inclina a cabeça para o lado com frequência, pode ser sinal de ácaros no ouvido.

Tratamento

Para eliminar os ácaros, o veterinário indica um remédio em gotas que deve ser pingado no ouvido, além da realização de uma limpeza no canal auditivo para remover a cera marrom.

Acne felina

Você sabia que o seu gato também pode apresentar acne? Ela é conhecida como acne felina! Quando o pet tem esse tipo de problema de pele, ela ataca a borda dos lábios e a parte inferior do queixo e pode estar associada aos bebedouros de borracha ou plástico.

Sintoma

Entre os sintomas mais comuns podemos apontar a presença de pontos pretos e oleosidade nas áreas acometidas.

Tratamento

O uso de gel de peróxido de benzoíla ou shampoo antisseborreico fará a decomposição do excesso de oleosidade causadora da acne. Suplementar a alimentação com Ômega-3 e Ômega-6 pode ajudar.

Infecção bacteriana

Outros tipos de doenças de pele em gatos podem desencadear uma infecção bacteriana, como é o caso da acne felina que pode vir a provocar uma foliculite.

Sintomas

Devido ao problema, os folículos pilosos do animal estarão mais frágeis, o que pode provocar queda de pelo, manchas avermelhadas no local afetado e pequenas feridas.

Tratamento

Primeiramente, é preciso identificar qual problema de pele está desencadeando a infecção bacteriana. Assim que tratá-la, provavelmente o veterinário vai indicar um antibiótico para eliminar as bactérias.

Esporotricose

Este problema de pele deve ser identificado e tratado o quanto antes, pois pode afetar tanto os gatos quanto humanos — principalmente quem estiver com o sistema imunológico debilitado.

Sintomas

O principal sintoma de um gato com Esporotricose são lesões na pele que podem vir a vazar uma espécie de pus. Além disso, algumas lesões podem até mesmo deformar o rosto do animal, caso não seja tratada com rapidez.

O animal também vai sentir dores nas articulações, febre e até perder o apetite.

Tratamento

Por ser uma doença contagiosa, alguns cuidados serão necessários. Primeiramente, você só deve lidar com o animal usando luvas descartáveis de látex — e sempre lavar muito bem as mãos após qualquer tipo de contato com ele. Também vai se mostrar necessário isolá-lo do contato com outras pessoas e animais.

Após uma avaliação minuciosa, o veterinário vai informar qual o tratamento mais eficaz. Vai ser preciso um acompanhamento de perto, de modo a verificar o desenvolvimento do pet com a medicação utilizada.

Tumor de pele

Se ao fazer carinho no seu felino você perceber que ele está com alguns nódulos, é ideal levá-lo para se consultar com um veterinário. Por mais que eles possam não ser um sinal de câncer, verificar essa possibilidade é muito importante para, se for confirmada, dar início ao tratamento o quanto antes.

Sintomas

Como já falamos, geralmente o felino vai apresentar alguns nódulos ao longo do corpo, principalmente se ele tiver os pelos da orelha e cabeça brancos — em que os casos de tumor de pele são mais comuns.

Tratamento

Primeiramente, vai ser realizada uma biópsia para averiguar se o nódulo é um tumor maligno ou benigno. Depois, se for confirmado que é maligno, será feita a total remoção do tumor.

Esperamos que as informações deste post possam ajudá-lo a ficar de olho em qualquer alteração que o seu gato possa apresentar, seja ela comportamental ou física.

É muito importante que, ao encontrar anormalidades na pele do seu gato ou notar comportamentos como se coçar ou se lamber demasiadamente, você não espere os sintomas piorarem para levar seu amigo ao veterinário. Assim, a doença será diagnosticada precocemente e as complicações poderão ser evitadas.

Você conhece outras doenças de pele em gatos? Ficou com alguma dúvida sobre o tema? Seu felino já passou por alguma dessas situações? Então deixe um comentário! Queremos ouvir o que você tem a dizer!

9 Replies to “Problemas de pele em gatos: descubra os mais comuns!”

  1. Meu gato passou por uma castração a 10 dias, após isso ele foi medicado e seguimos a receita da veterinária, hoje notei pelo corpo todo feridas avermelhadas na barriga, orelha e patas o que pode ser ? Achei que fosse sarna mas não tenho mais certeza.

  2. meu gato esta com a pele toda irritada.. ontem tosei ele pois estava cheio de bolinhas pela pele
    achei melhor pra cuida mas hoje a pele acordou umida e vermelha proxima as laterais da barriga como posso cuidar ? alguem sabe me dizer ?

  3. Minha gata tem 6 anos…e apareceu uns caroços debaixo do queixo,pescoço e alguns em cima da cabeça. Percebi que ela coça um pouco,estou preocupada,são caroços brancos e com volume.O que pode ser possível??por favor me ajude…

Deixe seu comentário