O que é coprofagia e como lidar com esse problema?

Cao no veterinario

Esse é um problema que muitos donos de pet enfrentam, e por incrível que pareça, é mais comum do que imaginamos. A coprofagia é o ato do cachorro comer cocô, seja o seu ou de outros animais. Além de triste, também nos sentimos constrangidos ao ver nossos animais de estimação nessa situação. Mas não precisa ficar preocupado, esse problema tem cura e nós vamos te ajudar a resolver.

Antes de mais nada, é importante saber que a coprofagia é um problema que pode ter diversas razões. Os pets podem fazer isso por motivos comportamentais ou até mesmo pela falta de nutrientes no corpo, por isso é importante estar atento e realizar o diagnóstico correto com o veterinário, antes de começar qualquer tratamento.

O que pode ocasionar a coprofagia?

Fatores como comportamentais, enzimáticos e até uma pancreatite crônica podem desencadear esse hábito no seu animal de estimação. Na maioria, os motivos são comportamentais. O cãozinho pode fazer isso para chamar sua atenção ou até mesmo por apresentar um distúrbio de ansiedade.

A superalimentação, ou até mesmo, a falta de uma dieta regular e adequada pode fazer seu pet desenvolver a coprofagia. Ele não deve receber alimentação em quantidade errada, nem muito nem pouco. Isso pode ocasionar má digestão, desencadeando o problema.

A falta de espaço adequado para o seu animal de estimação também pode ser um fator agravante, ele precisar andar e ter espaço suficiente para se exercitar. Não deixe a vasilha do seu pet muito próxima do local que faz suas necessidades e lembre-se de deixar o ambiente em que ele fica constantemente limpo.

A vermifugação é outro ponto importante, converse com o veterinário e veja de quantos em quantos meses você precisa vermifugar o seu cão, isso ajudar a mantê-lo constantemente saudável e livre de verminoses.

Além disso, não deixe seu amigo muito tempo sozinho ou preso, eles tendem a ficar ansiosos e acabam comendo as fezes para passar o tempo.

Como devo agir com meu pet?

Não aplique punição excessiva no seu cachorro, principalmente quando ele fizer as necessidades no local errado. Muitas vezes eles acabam comendo as próprias fezes para esconder do dono e evitar a bronca.

o-que-e-coprofagia-e-como-lidar-com-esse-problema.jpeg

Se os gatos também são moradores da sua casa, evite deixar a caixa de areia deles em locais acessíveis aos cãezinhos. As fezes dos felinos contém alto teor de gordura e são mais ricas em proteínas, isso chama a atenção dos cães e eles podem comer as fezes do amiguinho.

Chame a atenção do seu pet com um sonoro “não” cada vez que ele esboçar interesse em fazê-lo, procure distrair ele e esteja atento ao comportamento.

Por fim, é muito importante levar o seu cachorrinho a um veterinário, só ele poderá dar o diagnóstico correto e analisar o caso com mais prioridade.

Agora que você já sabe como agir diante desta situação, aproveite essas dicas para cuidar melhor do seu amiguinho. Comente, deixe suas dúvidas e experiências a respeito do assunto!