DIY: 4 brinquedos para pets que você pode fazer em casa

Cachorro com brinquedo

Cachorro com brinquedo

É impressionante: não importa quantos brinquedos compremos para o nosso pet, mas basta surgir uma meia no chão ou qualquer outro objeto que desperte o interesse dele para que, logo, o cão ou gato se distraia e se entretenha.

Mas, independentemente disso, você deve ter em mente a importância de brincar com o seu animal de estimação e de praticar diferentes atividades com ele. Foi pensando nisso que criamos o post de hoje. Nele, vamos dar algumas dicas de como você pode fazer brinquedos para pets e aproveitar para se divertir bastante com o seu melhor amigo. Confira:

4 dicas de brinquedos para pets

Cães

1. Bola de meia

Mais simples do que essa dica, pode ter certeza, não há! Para tanto você vai precisar de jornal e algumas meias velhas, de preferência que sejam mais grossas, agulha e linha.

Faça uma bola de jornal, do tamanho que for da sua preferência, e a envolva com a meia. Agora, você deve torcer a meia até que ela fique em um formato de bola.

Para que não se desfaça, costure bem, de modo a ficar firme, com um ponto alinhavo. Dependendo do tamanho da bola, quanto mais meias você usar ou jornal, maior será a bola.

2. Corda

Para esse brinquedo, você vai precisar de um tecido grosso, como uma toalha de banho ou calça jeans velha, e uma tesoura.

Primeiramente, pegue o tecido escolhido e recorte três tiras de tamanhos parecidos. Em seguida, una as três pontas e dê um nó bastante apertado, para que ele não se solte.

Após dar o nó, você deve fazer uma trança, utilizando as três tiras. Ao chegar na ponta, dê outro nó.

Prontinho! A corda está pronta para o seu cão brincar com ela!

Gatos

3. Vara de pescar

Um dos brinquedos preferidos dos felinos são as varas de pescar com algum item amarrado na ponta, seja um petisco ou outro objeto que chame a atenção dele.

Para criar esse brinquedo, você vai precisar de uma vara de madeira, barbante e uma pena.

O modo de preparo desse brinquedo não tem segredo: você deve amarrar o barbante na vara de madeira e, na outra ponta do barbante, amarre uma pena. Para evitar que se solte, o ideal é que você dê um nó bem apertado em ambas as pontas.

Agora é só brincar com o seu gato! Certamente ele vai adorar seguir os movimentos que você fizer com a vara e ficará encantado com a pena pendurada na ponta!

4. Caixa de segredos

Você já deve ter percebido o quão fascinados os gatos ficam quando se deparam com uma caixa de papelão, não é mesmo?

Aproveitando que eles já gostam de brincar com elas, vamos transformá-las em um brinquedo ainda melhor para eles. Para tanto, você vai precisar de uma caixa de sapato, uma tesoura ou estilete e petiscos.

Agora, pegue a tesoura ou estilete e faça alguns furos ao longo da caixa, de modo que o seu pet consiga enfiar as patas dentro da caixa. Jogue alguns petiscos dentro da caixa e observe como o seu gato vai adorar passar horas tentando capturá-los!

Se achar que a caixa de sapato é muito pequena, caixas de papelão, aquelas que geralmente encontramos nos supermercados, também podem ser utilizadas.

Viu só como é prático e fácil fazer brinquedos para o seu animal de estimação? Esperamos que vocês se divirtam bastante e aproveitem bastante os novos passatempos!

Nossa orientação, porém, é que fique sempre de olho em seu pet enquanto eles brincam com esses novos itens, garantindo de que estão seguros.

O que achou dessas dicas de brinquedos para pets? Ficou com alguma dúvida sobre a confecção desses itens? Ou conhece algum outro brinquedo que pode ser feito em casa? Então deixe o seu comentário!

Conheça 6 brincadeiras de cachorro que podem ser feitas ao ar livre

conheca 6 brincadeiras de cachorro que podem ser feitas ao ar livre
Conheça 6 brincadeiras de cachorro que podem ser feitas ao ar livre
Seu melhor amigo necessita de muito mais do que ração e água. Algumas horas de passeio, atenção e carinho também estão entre as necessidades diárias dele. Por mais difícil que seja arrumar um tempo para seu animalzinho, é super importante para manter a saúde dele em dia. Aliás, a sua também! Aproveite esses momentos com o seu cachorro para praticar uma atividade física. Que tal vocês correrem até o parque mais próximo para se divertirem?

Conheça já 6 brincadeiras de cachorro que podem ser feitas ao ar livre!

1. Cabo de guerra

Uma das brincadeiras de cachorro que mais gastam energia, tanto do pet quanto do dono, é o cabo de guerra. Usando a própria coleira ou alguma corda, você pode induzir seu animalzinho a morder o objeto. Com isso, comece a puxar para o lado oposto fazendo um real cabo de guerra com seu amigo. Os cãezinhos adoram esse tipo de brincadeira e podem passar longos momentos se divertindo com você.

2. Caça ao tesouro

Já que eles adoram cheirar em todos os cantos, que tal aguçar esse sentido fazendo uma caça ao tesouro? Esconda um petisco ou um brinquedo adorado por ele e comece a brincadeira. Você pode até mesmo esconder em lugares inusitados e se surpreenderá com a rapidez e a forma certeira com que ele encontra os objetos!

3. Pique-pega

Correr é a solução para aliviar o estresse do cão e tirá-lo do tédio. Então, um pique-pega tradicional pode ser uma brincadeira pra lá de divertida no parque. Deixe que ele corra atrás de você e depois corra atrás dele. Esta é uma das brincadeiras de cachorro mais simples e que surte um bom efeito para o seu pet.

4. Jogar bolinha

Que cachorro não adora correr atrás de uma bolinha lançada pelo dono? Você pode relaxar e aproveitar o ar livre enquanto ele corre atrás de sua bolinha. Um excelente exercício para aliviar o estresse do cão. Jogue a bolinha e espere que ele a traga de volta e continue a brincadeira até que ele se canse. Eles realmente adoram!

5. Frisbee

O frisbee é outra opção para jogar e seu cão buscar. Assim como jogar a bolinha, o cachorro tende a ir atrás do objeto voador. Você pode se divertir por horas jogando frisbee para seu amigo buscar.

6. Esconde-esconde

Se esconda de seu animalzinho sem que ele perceba e o chame. Além de usar o olfato pra lá de apurado, ele ainda usará o sentido da visão. Quando ele te encontrar, abrace-o e faça carinho, mostre felicidade ao vê-lo. Os cachorros adoram esse tipo de brincadeira.

Há diversas brincadeiras de cachorro que podem ser usadas para aliviar a tensão, tirá-lo do tédio e ainda exercitá-lo. É muito importante ter um tempo livre para praticar essas brincadeiras e realmente cuidar de seu melhor amigo. Ter um cachorro demanda tempo e atenção, por isso não deixe de passear e fazê-lo feliz!

Quer saber mais sobre seus pets? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo do mundo animal!

Veja como aproveitar a praia com seu cachorro

O verão já vem chegando e, com ele, a vontade de partir pra praia. Mas, mesmo que a ideia de ver seu cachorro correndo na areia e tomando banho de mar possa ser tentadora, uma série de cuidados precisam ser tomados. O veterinário e adestrador Rodrigo Guimarães dá algumas dicas para que cães e banhistas convivam em harmonia e, assim, possam aproveitar tudo que o verão tem a oferecer.

 

Cuidado com o verme do coração: Um dos principais perigos que cães e gatos ficam expostos na praia é a doença do verme do coração, transmitida por pernilongos encontrados mais facilmente no litoral do que em áreas urbanas. Os sintomas podem demorar anos para parecer, mas costumam ter consequências muito graves. “Fora isso, trata-se de uma zoonose, ou seja, pode ser passada a humanos”, alerta Rodrigo.

 Cao praia

Raças que não curtem o verão: Esteja consciente de que, mesmo que a praia seja um local atrativo pra você, pode não ser para o seu cão. Algumas raças são originárias do frio e, por isso, não toleram o calor. Se você tiver um Husky, um Golden Retriver ou um São Bernardo, fique atento a algumas providências para aliviar o sofrimento do seu animal.

 

Saúde em dia sempre: É imprescindível manter vacinas, vermífugos e anti-pulgas em dia. “Tenha sempre em mãos a carteira de vacinação do seu cão, já que em algumas cidades há fiscalizações a fim de evitar riscos à saúde da população”, recomenda o veterinário.

 

Fique atento às placas de proibido: Em algumas cidades é proibido levar o cachorro até a areia. Verifique as leis municipais e evite contratempos.

 

Cães agressivos não são boa ideia na areia: Ninguém conhece seu cão melhor do que você. Se ele for muito agressivo, um passeio na praia pode não ser a melhor opção. Mas, se mesmo assim for leva-lo, faça-o usar focinheira e guia. “As praias sempre estão lotadas de crianças correndo e brincando, o que pode irritar cachorros menos mansos”, ressalta Rodrigo. “Acidentes graves podem ser facilmente evitados com o uso desses instrumentos.”

 

Nada de cocô na praia: Por último, mas não menos importante: sempre recolha as fezes do seu animal. Mais do que manter a higiene da praia que você frequenta, o hábito é um sinal de cidadania.

Não deixe de comentar abaixo!